youtube-teaser

 

O YouTube completou 10 anos de vida nas mãos da Google, e apesar da gigante de Mountain View comemorar esses dez anos em fereveiro desse ano, o acordo de compra do serviço de vídeos por streaming (valor de US$ 1.6 bilhão) só foi anunciada em 9 de outubro de 2006. E poucos poderiam prever o quanto o serviço iria crescer.

Obviamente, fazer do vídeo um conteúdo essencial para o progresso da web não era uma exclusividade da Google. Os principais protagonistas da internet tinham suas respectivas plataformas posicionadas e prontas para o desenvolvimento desse inevitável fenôeno.

Porém, o pequeno projeto impulsionado por três ex-funcionários do PayPal chamou a atenção de todos. O Google Videos começou o seu desenvolvimento um mês antes que o YouTube, mas depois de um ano parecia não haver competência o suficiente.

Logo, a Google não pensou duas vezes, e fez a sua maior aquisição até aquela data.

Deixando de lado o aspecto econômico, os números divulgados em 2006 já eram impressionantes (30 milhões de usuários únicos por mês, 100 milhões de visualizações diárias). Mas hoje, são números risíveis. Hoje, o YouTube tem mais de 1 bilhão de usuários – quase um terço dos internautas – e são centenas de milhões de horas de vídeos visualizados, vindos de milhares de milhões de visualizações.

O YouTube é a jukebox do planeta, além de ser o ‘metacanal’ de TV com maior audiência do mundo. Aproveitamos então a data para revisar os vídeos mais expressivos da plataforma.

 

 

O víedeo com maior número de visualizações no YouTube

 

É o líder desse posto há quatro anos, e não deve perder o trono tão cedo, salvo surpresa. Gangnam Style, do rapper sul-coreano PSY, foi o primeiro vídeo a superar a marca de 1 bilhão de visualizações, e já ultrapassou a marca de 2.6 bilhões. Aliás, esse vídeo destruiu o contador de views do YouTube.

 

 

O vídeo não-musical com maior número de visualizações no YouTube

 

De cima para baixo, vários são os vídeos que se posicionam acima desse. Mas se removemos o âmbito musical, é bem curioso que o mais visto seja um russo. Mais especificamente, um capítulo de uma série russa de desenhos animados para crianças.

 

 

O vídeo com mais likes no YouTube

 

Outra forma de analisar os positivos e negativos de um vídeo é através dos números brutos, como é o caso do vídeo de Wiz Khalifa, “See You Again”, que faz parte da trilha sonora do filme Velozes e Furiosos 7, com quase 12 milhões de likes.

 

 

O vídeo mais odiado do YouTube

 

Também vale menção para o vídeo com maior número de dislikes, e entre os inúmeros vídeos na plataforma, nenhum conseguiu ser mais odiado do que o do videoclipe Baby, de Justin Bieber. Desde a sua publicação em fevereiro de 2010, esse vídeo recebeu quase 7 milhões de dislikes.

 

 

Apenas como curiosidade, a segunda posição entre os mais odiados segue nas mãos do trailer de Call of Duty: Infinite Warfare. Algo curioso, pois esse vídeo foi publicado em 2 de maio desse ano, e em apenas quatro dias depois da apresentação de Battlefield 1, este se transformou no trailer com melhor pontuação da história do YouTube por algum tempo.