Pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh, EUA, desenvolveram um protótipo de farol para automóveis capaz de ocultar as gotas de água ou os flocos de neve em uma tempestade, para melhorar a visão dos motoristas em até 90% a quatro metros de distância.

O seu funcionamento é incrivelmente simples: uma vez que não é a água que bloqueia a visão, e sim o reflexo da luz, estes grupos ópticos iluminam todo o horizonte, menos as partículas em questão. Utilizando um projetor DLP Viewsonic, um PC com processador Core i7 e uma câmera GigE Point Grey Flea3, o protótipo consegue prever a trajetória das gotas de água para evitar que os faróis iluminem as gotas.

O resultado é uma considerável melhoria na visibilidade do motorista. Na prática, é quase como se a chuva desaparecesse, como um passe de mágica.

O protótipo atual é capaz de funcionar a uma velocidade de 13 milissegundos, mas seus responsáveis afirmam que quando instalado em um carro real, e no meio de uma chuva pesada, eles precisam multiplicar por dez a sua velocidade de resposta para alcançar os tais 90% de melhora, e isso, com o carro andando a 30 km/h. Ainda falta muito por fazer, mas a BMW pensa em lançar carros com faróis laser antes de 2015, ou seja, não é algo descabido pensar na integração de sistemas semelhantes nos carros do futuro.

Via PhysOrg