distancia-objetos-smartphone

Pesquisadores da Universidade Carnegie Mellon estão trabalhando em um método que tem como objetivo calcular o tamanho real de objetos ou criar modelos virtuais em 3D do mesmo a partir de uma foto ou vídeo.

Com a ajuda de sensores da unidade IMU (Inertial Measurement Unit) dos smartphones, que compreende os giroscópios e acelerômetros, os pesquisadores afiram que são capazes de capturar modelos precisos em 3D do entorno, e conhecer as medidas (quase) exatas dos objetos.

distancia-objetos-smartphone-02

Ao mover o smartphone de lado a lado e de frente par atrás, conforme as fotos são capturadas, o sistema vai se calibrando, até obter as dimensões daquilo que é mostrado na tela. Com os típicos sensores dos smartphones, eles são capazes de medir a distância entre as pupilas de uma pessoa com uma precisão de meio milímetro.

distancia-objetos-smartphone-03

As possíveis aplicações para esse sistema abraçam múltiplos usos. Por exemplo, os entornos de realidade aumentada e virtual, para o mundo de compras e móveis sob medida, para a condução autônoma e assistida de veículos, ou para que pessoas com dificuldade sensorial possam conhecer melhor a distância dos objetos ao seu redor.

Via Carnegie Mellon