O Windows 8 introduziu finalmente um verdadeiro sistema de notificações integradas, que funcionam tanto na área de trabalho como dentro dos aplicativos, oferecendo uma grande variedade de funções que podem ser personalizadas para alertar o usuário.

Existem três tipos de notificações básicas no Windows 8:

– tela completa: este tipo de notificação aparece no meio da nossa tela quando algum problema mais grave acontece, tal como um alerta do filtro SmartScreen, ou uma advertência de reinício obrigatório do sistema.

– toast: estas notificações emergentes que desaparecem automaticamente se são ignoradas são mais comuns de aparecerem. Se deslizam a partir da parte superior direita da tela, e um bom exemplo desse tipo de notificação está nos alertas de nosso calendário ou as mensagens recebidas nas conversas com nossos contatos.

– aplicativos:
os aplicativos de nossa tela inicial também nos oferecem algumas informações em tempo real, através das janelas ativas. Essas notificações contam com informações mais detalhadas se a janela ativa é de maior tamanho. Se queremos ter uma experiência visual mais limpa, podemos desativar as janelas ativas, deixando as mesmas estáticas com um simples clique à direita sobre elas.

Todos esses tipos de notificações podem ser configuradas a partir da janela de configuração do nosso PC, e para acessá-la, temos que liberar a barra de botões de aceso, e clicar em Configuração > Mudar Configuração do PC.

A partir da seção de Notificações da nova janela, podemos ativar ou desativar os alertas em todos os aplicativos de uma vez, ou ir escolhendo aqueles que queremos ou não receber alertas, além de poder simplesmente eliminar o som dos alertas ou eliminar as notificações na tela de bloqueio. É possível escolher até sete aplicativos para que sejam executados em segundo plano, e nos oferecerem as notificações rápidas, tais como mensagens de e-mails não lidos, eventos pendentes ou aniversários no calendário.

Via