Eu sou um cliente do TIM Beta desde 2016 (pelo menos), e estou feliz com o serviço. Nesse momento, mais feliz por ser Beta LAB. O que realmente não me deixa muito feliz é ver as práticas nefastas da TIM para consumir o meu dinheiro e os meus créditos.

Prática nefasta, ilegal e desnecessária.

Em 5 de julho de 2018, após recarregar o meu número TIM Beta, recebi uma mensagem de texto dando “boas vindas” por cadastrar um novo serviço de recebimento de notícias sobre celebridades. Eu não solicitei tal serviço, por isso, pedi para sair do mesmo, em um comando por mensagem de texto que a própria TIM sugere para executar, caso seja do interesse do cliente não aderir a tal serviço.

Enviei o comando, e recebi a confirmação que estava descadastrado daquele serviço.

 

 

Qual não é a minha surpresa quando percebo que hoje, 7 de agosto de 2018, logo depois de recarregar o meu número TIM Beta, eu recebo uma nova mensagem de “boas vindas”, no mesmo serviço, como se nada tivesse acontecido. Como se o comando de cancelamento não tivesse sido enviado. Como se a TIM jamais tivesse recebido a minha solicitação.

 

 

Acontece que, para azar da TIM, eu tenho todos os protocolos de solicitação de cancelamento de serviços salvos no meu smartphone, desde o dia 5 de julho de 2018. Aliás, eu salvo todos os protocolos de serviços solicitados, porque eu sei que posso ter problemas com ele no futuro.

 

 

Além desse pequeno “problema”, eu descobri hoje que um segundo serviço foi ativado na minha linha, consumindo mais um pouco dos meus créditos, algo que também foi feito sem autorização prévia, sem registro ou qualquer tipo de procedimento protocolar que cumpra com o que a Anatel determina, além de violar o Código de Defesa do Consumidor.

 

 

Ah, TIM… (desculpa o trocadalho)… Me ajuda, a te ajudar!

Enviar esse caso para a assessoria de imprensa da operadora pode ser pouco. E eu sei que o pessoal das redes sociais da TIM seguem a minha conta e os meus blogs. Logo, o melhor lugar para começar a fazer barulho é por aqui mesmo.

Já estou acionando a Anatel para aplicar a multa básica na TIM pelas práticas ilegais, e a restituição dos créditos eu entendo que é pouco. Minha missão, como produtor de conteúdo, é alertar os demais clientes da operadora que isso está acontecendo, para que tomem as providências para parar com essa palhaçada.

 

 

E esse é só o primeiro aviso. Depois, é virar as costas para o TIM Beta, por mais que isso me custe alguns efeitos colaterais. Prefiro o trabalho de migrar de novo de operadora, número e derivados do que ter que passar pela dor de cabeça de conviver com uma operadora que tenta passar a perna dessa forma.

Não existe só o TIM Beta Lab nesse mundo, por mais maravilhoso que ele seja. E não tenho medo de mudar se for necessário.

Aliás, a TIM não foi a operadora que anunciou para todo mundo que “evoluir é fazer diferente”?

Que evolução é essa, dona TIM?