Ainda que esta não seja a primeira vez que a Dell venda computadores com Linux, a diferença agora é que o produto em questão é mais “fino”, pois falamos de um atraente ultraportátil no lugar dos desktops tradicionais. Recentemente, a Dell ofereceu de forma limitada o modelo XPS 13 com Ubuntu para programadores, como parte do seu projeto Sputnik, que pretendia testar a aceitação da combinação. E, como você já pode imaginar, os testes foram um sucesso, de modo que a empresa decidiu vender o modelo em questão com o Ubuntu Precise Pangolin pré-instalado, e uma combinação de hardware idêntica a do modelo com Windows.

O preço desses computadores com Ubuntu não foi revelado, mas com certeza será um pouco mais barato do que os equipamentos com Windows, de modo que podemos especular que ele fique na faixa dos US$ 1.000. A decisão da Dell impõe também uma marca histórica para a empresa, porque se trata do seu computador com Linux de fábrica mais rápido até o momento.

Via The Inquirer