Deadpool

Informática e efeitos especiais estão profundamente ligados, tanto que podemos dizer que o cinema adquiriu uma dependência absoluta do que conhecemos como sequências em CGI (imagens geradas por computador), e o filme Deadpool é um claro exemplo disso.

Já era sabido que a cena inicial do filme (onde o anti-herói se apresenta, mostrando parte de suas habilidades) foi quase toda gerada por computador, mas o que não imaginávamos é que todo o filme tinha uma alta dose de CGI. E isso não é uma má notícia, pois o fato da maioria de nós não nos darmos conta disso é um claro exemplo de perfeição, ou em como tais programas foram usados de forma muito adequada.

No vídeo no final do post, podemos ver com detalhes como o processo foi feito, e desde já é impressionante ver até que ponto foi desenvolvida essa técnica e o nível de realismo obtido.

Ou seja, ficou no passado a época das maquetes, os disfarces e outros elementos caseiros, que atendiam bem as necessidades dos diretores de cinema.

Vídeo a seguir.

 

Via Engadget