adultfriendfinder

 

Mais uma comunidade de sexo e relacionamentos extraconjugais é hackeada. Dessa vez, é o AdultFriendFinder, que teve 412 milhões de contas comprometidas com o ataque.

O serviço é controlado pelo Friend Finder Network Inc, que também controla outros diversos sites adultos pela web. O ataque contra os servidores e sua base de dados é a maior brecha de segurança conhecida em toda a história, superando os 360 milhões de contas comprometidas do MySpace.

Ou seja, o ataque do AdultFriendFinder deixou no chinelo o caso do site de adultérios Ashley Madison e suas 37 milhões de contas vazadas.

 

 

Mais uma vez, senhas fracas deixam usuários expostos

 

E-mails, nomes de usuário e senhas ficaram expostos, e voltam a ilustrar a falta de segurança e vulnerabilidade que permitem aos atacantes executarem de forma remota códigos maliciosos no servidor do serviço.

Sem falar que as senhas eram armazenadas em texto plano ou com algoritmos SHA-1, não tão seguros como os padrões atuais de comunicação.

Isso se repetiu nos casos anteriores, onde os sistemas de segurança internos corporativos eram muito frágeis, assim como os usuários que insistem em senhas como 123456.

No caso do AdultFriendFinder, os atacantes conseguiram violar 99% de todas as senhas armazenadas em sua base de dados.

É altamente recomendado que os usuários do serviço troquem imediatamente as suas senhas ou simplesmente exclua suas contas dos sites da Friend Finder Network Inc.

Assim como aconteceu no caso do Ashley Madison, podemos esperar por uma uma campanha de extorsão de dados violados, já que é a segunda vez que hackeiam a empresa nos últimos dois anos.

Agora, recuperar a confiança dos usuários vai ser algo muito difícil. Ainda mais que o sexo vale ouro na internet.

 

Via LeakedSource