Smartphone_autonomia

A autonomia de bateria dos smartphones continua a ser uma pedra no sapato da indústria. A melhora do desempenho dos dispositivos é uma constante conforme as gerações vão passando. Do celular destinado apenas para realizar chamadas de voz, passamos para computadores em miniatura, e a bateria se viu penalizada.

O aumento da tela, da resolução, da potência do seu motor de processamento e gráficos ou de sua conectividade, além da tendência de design de smartphones cada vez mais finos fez com que um smartphone de hoje dure com muita sorte apenas um dia de uso de sua bateria.

Enquanto esperamos que os fabricantes desenvolvam novas tecnologias de baterias, o usuário pode aumentar a autonomia com simples passos. A saber:

1. Ajustar o brilho de tela: a tela multitoque é o componente que mais consome bateria no smartphone. Ajustar o seu brilho dessa tela pode fazer toda a diferença.
2. Desligar a tela: desligar/bloquear a tela sempre que você não estiver utilizando, ajustando ao mínimo o tempo de suspensão por inatividade.
3. Desligue o GPS: se você não precisa do GPS, desligue, assim como os aplicativos que fazem uso do serviços de localização, até que eles sejam necessários.
4. Desative o Bluetooth: outro módulo de rádio que utilizamos muito pouco, e que convém deixar desligado como padrão.
5. Utilize o ‘modo avião': se estiver viajando ou em locais onde o sinal de rede móvel está indisponível, deixe o telefone em modo avião, e sua economia de bateria será considerável.
6. Selecione o que vai rodar no aparelho: widgets e fundos de tela animados são grandes drenadores de bateria.
7. Desligue as sincronizações automáticas: desative as notificações automáticas e a sincronização automática de e-mails ou de outros aplicativos sempre que possível, aumentando o intervalo de atualizações, ou obtenha tudo de modo manual.
8. Pause serviços de cópia de segurança ou na nuvem: são tarefas importantes, e convém pensar quando podemos precisar delas, mas sua desativação temporária pode salvar um pouco de bateria.
9. Cuide da temperatura: as mudanças de temperatura é um dos aspectos mais prejudiciais para a bateria. Evite temperaturas muito altas ou muito baixas sempre que for possível, levando em conta que o funcionamento ideal se calcula em 22 graus.
10. Cuide da recarga: cada ciclo de recarga desgasta a bateria. É melhor fazer pequenas recargas do que recargas completas. Resete as estatísticas dos níveis de bateria para uma informação mais precisa.

19361979

Motorola Moto Maxx