Print

As telas dos smartphones cresceram e seguem crescendo. Isso é algo que provavelmente você já sabia. A diferença é que agora podemos ver esse crescimento graficamente, através de uma análise estatística feita pelo @somospostpc.

O estudo pega como base as especificações dos 4.096 smartphones mais importantes lançados no mercado desde o lançamento do primeiro iPhone, em janeiro de 2007. A primeira conclusão? O tamanho médio das telas era de 3 polegadas em 2007, e hoje, é de 5 polegadas.

Mais tela, mas com menor borda

marcos-moviles-2

Felizmente, o aumento da tela do smartphone não é diretamente proporcional ao das dimensões do dispositivo. A borda, ou melhor, “aquilo que não é considerada tela” da parte frontal do telefone teve o seu tamanho reduzido em grande velocidade e proporção desde 2007. Antes os smartphones eram 30% de tela. Agora, são 30% de borda de tela (ou qualquer outra coisa que não seja a tela, como alto falantes, microfones, botões de comando, câmera frontal, etc).

O que é um smartphone “grande”?

pantallas-moviles-1

Esse se tornou um conceito totalmente subjetivo, que depende do gosto do usuário, do tamanho da sua mão e até do conhecimento que a pessoa possui sobre o mundo da tecnologia. Se olharmos os dados coletados pela pesquisa, as telas de 4.5 polegadas estão “no limite” do que é considerado uma tela “de tamanho médio”.

Olhando mais para os detalhes dos últimos anos, a tendência é de dispositivos com telas de 4.5 polegadas ou superiores. Em 2012, esse tamanho de tela integrava 10% do mercado de novos modelos. Hoje, são 80% dos novos modelos. Isso acontece porque os fabricantes foram capazes de criar equipamentos com bordas de tela mais finas, com baterias maiores, para alimentar com eficiência as demais especificações do dispositivo.

Nem tudo é tela nesse mundo

A tela é o componente que maior impacto possui na hora de decidir o tamanho de um smartphone, mas também é preciso de bordas ao redor da mesma para sustentar o aparelho, botões físicos e impressos na carcaça, câmera frontal, alto-falantes, microfones… tudo isso adiciona milímetros ao tamanho final. A tendência agora é aumentar o tamanho do dispositivo mesmo, pela somatória de todos esses fatores.

Samsung marcou a tendência de grandes telas

pantallas-samsung-3

Outro dado revelado pela pesquisa – que já era algo esperado – é que a Samsung liderou essa tendência de crescimento de telas nos smartphones. Quando a empresa lançou o primeiro Galaxy Note em setembro de 2011 com sua tela de 5.3 polegadas, a média de tamanho de tela do mercado era de 3.8 polegadas. Agora, um smartphone com tela de 5 polegadas é algo mais do que normal em um dispositivo top de linha.

Desde então, o crescimento foi acelerado (levou cinco anos para sair das 3″ para as 4″, e apenas dois para saltar das 4″ para as 5″), mas a tendência é que não deve demorar muito para esse crescimento se estabilizar.

A Apple ficou para trás

A Apple não segue a tendência de telas maiores, mas isso não quer dizer que uma tela maior seja melhor ou pior. A Apple começou com uma tela de 3.5 polegadas quando a média do mercado era de 3.2 polegadas. Ficou nesse tamanho até apostar em uma tela de 4 polegadas, quando o mercado contava com uma média de 4.3 polegadas de tela.

Não preciso fazer referências aos rumores mais recentes, uma vez que o que a Apple vai fazer a partir de agora não é algo que pode ser previsto com 100% de certeza de acerto. Mas é bom lembrar que eles mantém uma relação tela/borda menor por conta de condicionantes de hardware, como o botão iniciar físico, o que faz com que um iPhone com uma tela maior possa ser mais difícil de segurar e manejar com uma mão, em comparação com dispositivos da Samsung ou LG de tamanho de tela similar.

Conclusões

Os smartphones e suas telas são cada vez maiores, enquanto que suas bordas estão mais finas. É impossível saber até onde essa tendência pode chegar em dois danos, mas parece ser mais provável que se estabilize entre as 5 – 5.5 polegadas, e que não volte a se posicionar em um tamanho menor do que cinco polegadas.

Via @somospostpc