Faltando menos de 24 horas para o evento da Nokia/Microsoft em Nova York, a empresa ainda precisa se explicar para os seus fãs. Os rumores que o Nokia Lumia 920, que deve contar com uma câmera PureView de 8 megapixels foram suficientes para que diversos usuários da empresa ao redor do mundo fizessem a mesma pergunta: “por que não uma câmera com resolução maior?”

Inicialmente, quando o Nokia 808 PureVew foi lançado, um grande hype foi criado por causa do seu sensor de 41 megapixels, e de todas as suas capacidades, principalmente o seu zoom extraordinário (vale lembrar que a tecnologia pega informações de cinco megapixels para colocar em um, resultando em ótimas imagens). Porém, desde que os rumores davam conta que a resolução do PureView do Lumia 920 seria de apenas 8 megapixels, os usuários começaram a questionar essas capacidades da tecnologia, e questionaram porque em um smartphone com Windows Phone 8 a oferta seria tão restrita.

Para responder essas questões, Damian Dinning, chefe do departamento de câmeras da Nokia, foi para o Twitter, acalmar os ânimos. Damian disse que o PureView não é simplesmente um recurso ou especificação, mas sim uma diferente forma de alinhar lentes, pixels e processamento de imagem para obter imagens de melhor qualidade. E o principal: de uma forma completamente diferente dos demais fabricantes.

Damian completa dizendo que “o futuro da fotografia está em como você pode usar as lentes, os píxels e o processamento de imagens em conjunto”, e lembra que já disse “por diversas vezes antes” que o PureView “não é sobre o número de pixels, mas sim sobre o que você faz com eles”.

Via Daily Mobile