Cyanogen

A Cyanogen informa que superou a marca dos 50 milhões de usuários, e garantem que contam hoje com ‘mais usuários que a soma do Windows Phone e BlackBerry’.

A informação é chamativa. Uma ROM alternativa que tem mais usuários que a terceira maior plataforma móvel do mercado e que aquela que foi há 10 anos a líder do mercado profissional só confirmam a sua grande aceitação. Não faz muito tempo que os primeiros corajosos se atreveram a instalar as ROMs da Cyanogen nos seus smartphones Android rooteados, exibindo seus feitos no xda-developers.

O tempo só provou que a Cyanogen, ROM sempre muito promissora, se tornou uma dominante. Com um crescimento fantástico, eles se transformaram em uma empresa, fechando parcerias com grandes fabricantes, como OnePlus, Qullcom (um investimento da Microsoft) e – dizem – buscando novos parceiros, que podem ser a Huawei ou a Xiaomi.

Para aqueles que perguntam onde fica a Google em tudo isso, vale a pena lembrar que a gigante de Mountain View já tentou comprar a Cyanogen quando o seu sucesso foi comprovado. Isso não foi possível, e desde então, os desencontros foram constantes. Basicamente a Cyanogen quer um ‘Android sem o Google’, com um sistema livre em todos os níveis, incluindo dos próprios serviços do Google.

Veremos onde a Cyanogen é capaz de chegar. Os 50 milhões de usuários são relevantes, e existem ótimos argumentos para que você use uma ROM como a CyanogenMod. Mas ela ainda é o Android na sua essência. E o Android é Google.

Via Android Central