cyanogenmod

A Cyanogen é uma das equipes de customização de ROMs Android mais populares do mundo, e cresceu de forma assustadoramente rápida, adicionando recursos e refinamentos ao sistema da Google com uma velocidade relâmpago. Até aí, nenhuma surpresa. O que ninguém sabia era que, desde abril de 2013, essa mesma equipe se transformou em uma empresa independente, a Cyanogen Inc.

Só agora a empresa foi oficialmente anunciada, e é dirigida pelo co-fundador da operadora australiana Boost Mobile, Kirt McMaster. A nova empresa vai centrar as suas atividades no desenvolvimento do CyanogenMod como uma plataforma independente, abandonando a sua faceta amadora e/ou prioritariamente orientada para a criação de firmwares para os usuários mais experientes ou curiosos.

Alguns dos desenvolvedores mais veteranos do projeto, como Steve Kindik e Koushik Dutta (agora chefe de tecnologias e vice-presidente de engenharia, respectivamente) foram contratados como funcionários da empresa, para garantir a manutenção dos futuros projetos da Cyanogen, que agora quer competir diretamente com Apple, Google, Microsoft e derivados.

Nesse momento, a Cyanogen coloca a maior parte dos seus esforços em refinar a experiência do usuário, o que inclui o lançamento de um instalador, que deve acabar de uma vez por todas com o problema do atual processo de instalação de ROMs, que foi descrito pelo próprio Kondik como “horroroso” (e ele tem toda razão). Este instalador independente estará disponível na própria Play Store, inicialmente para um pequeno número de dispositivos compatíveis, e mais adiante, para uma ampla gama de smartphones e tablets.

Basicamente, o que a Cyanogen Inc. quer é oferecer a possibilidade do usuário personalizar o seu smartphone da forma mais simples possível, e o uso das novas características recentemente implementadas nas suas ROMs podem dar uma prévia das novidades que poderemos ver nos futuros lançamentos da empresa.

Obviamente, um sistema operacional móvel não chega a lugar nenhum sem o apoio dos fabricantes. E talvez seja nesse ponto que a Cyanogen tem as mais surpreendentes novidades. Uma vez que eles não esperam se transformar em uma opção popular no mercado com a sua orientação atual (voltada para os heavy users e curiosos, no esquema “faça você mesmo”), a empresa fechou uma parceria com um fabricante de hardware (cujo nome não foi mencionado), que se comprometeu a fabricar dispositivos com o CyanogenMod pré-instalados. Além disso, a empresa está explorando outros modelos de negócio para ampliar a sua cota de mercado.

O que a Cyanogen tem como objetivo é oferecer uma flexibilidade maior que as oferecidas no iOS e Windows Phone, aproveitando a natureza aberta do Android, e o enorme potencial de sua base de desenvolvedores e usuários, mas com uma experiência de uso simplificada e um maior nível de segurança que o sistema da Google oferece hoje.

A proposta é muito atraente, mas ousada e difícil de se vislumbrar como uma empresa independente, mas com um autêntico plano de negócios. Mesmo assim, não vai ser nada fácil conseguir tirar a Microsoft do terceiro posto entre os sistemas móveis. Porém, não podemos duvidar da capacidade desses caras.

Fiquemos de olho na nova Cyanogen Inc.

Via CyanogenMod.org