Na semana passada, entrou em leilão um curriculum de Steve Jobs de 1973, antes do mesmo fundar a Apple. O curioso documento é algo histórico, e revela detalhes muito pessoais sobre a situação do ex-CEO da Apple naquela época.

O curriculum foi feito quando Jobs tinha apenas 18 anos, não tinha experiência laboral, complicado acesso aos meios de transporte e com prioridades na tecnologia, na eletrônica e no design de equipamentos informáticos.

Na época, o jovem Jobs tinha interesses claros, mas futuro incerto. Tudo mudou em 1976, quando ao lado de Steve Wozniak fundou a Apple, se transformando em um dos executivos mais ricos, populares e reconhecidos da história.

O leilão desse documento gerou opiniões controversas, mas no final das contas os colecionadores demonstraram que tudo o que está relacionado de alguma forma com Steve Jobs pode ter um grande valor, especialmente se é antigo e possui informações pessoais.

O documento foi vendido por US$ 174.757, que foram pagos por um cidadão londrino que permaneceu no anonimato. Para muitos, é dinheiro demais para um simples pedaço de papel velho. Mas para um colecionador, é uma parte da história de um dos executivos mais importantes do mundo da tecnologia.

 

 

Via PhoneArena