crossover

A CodeWeavers anunciou o lançamento da beta pública do CrossOver para Chrome OS, soluçã que permite a execução de aplicativos Windows em Chromebooks com hardware Intel.

O Chrome OS hoje superar o Windows e o Mac no segmento educacional nos EUA e Canadá. Um nicho específico, é verdade. Mas algo impensável para outros sistemas com base Linux.

Porém, os Chromebooks não serve para tudo, nem para todos. Tem vantagens e limitações. A maior limitação é a falta de aplicativos, algo que o CrossOver quer contornar.

Esse software é baseado no Wine, que re-implementa a API do Windows para sistemas operacionais Unix (Linux e OS X).

A chegada dos apps Android à Google Play Store facilitou a chegada do CrossOver para o Chrome OS, pois ele executa no subsistema do Android do Chrome OS, facilitando a chegada dos aplicativos Windows na plataforma da Google.

O Office da Microsoft já rodava muito bem no CrossOver, assim como o Steam, executando alguns jogos do Windows, com suporte ao DirectX 9, teclado e mouse.

Para quem tem um Chromebook com hardware Intel (não há suporte para o ARM) e quer testar o CrossOver para Chrome OS, ele já está disponível na Google Play em fase beta de testes, de forma gratuita, durante um ano.

A seguir, o tutorial oficial de instalação.