jogo

 

É quase um Kinder Ovo do mundo da tecnologia, ou uma metáfora perfeita do mundo dos games.

Kayla McAllister levou o seu filho de 11 anos de idade para uma unidade da GameStop da Capital West em Tallahasee (Estados Unidos), com o objetivo de entregar alguns jogos velhos para comprar outros de segunda mão.

Porém, a atividade corriqueira se tornou uma grande dor de cabeça quando a criança começa a instalar o jogo. Pelo processo de instalação ser longo, a criança teve tempo de olhar o manual do jogo, e ao encontrar um estranho objeto dentro da caixa, questionou os seus pais do que se tratava aquilo.

O objeto? Um pequeno saco transparente com um pó branco no seu interior. Isso mesmo: 6 gramas de metanfetamina.

A ironia de tudo isso? O jogo em questão era… Grand Theft Auto V!

A mãe da criança ficou maluca, e chamou a polícia, que confirmou o que era a substância. As autoridades estão investigando o incidente, que não é a primeira vez que acontece nos Estados Unidos.

Kayla garante que não volta a pisar na GameStop e recomenda a loja a revisar completamente os jogos de segunda mão que eles compram.

Já a GameStop garante trabalhar de forma séria para oferecer jogos de segunda mão como se fossem novos. Se bem que essa história de não olharmos os manuais é uma tradição do mundo dos games.

 

Via Kotaku