galaxy-s4-mini-600x530

Fim do bloatware na Coreia do Sul. As autoridades daquele país criaram uma lei, que permite aos usuários de dispositivos Android a livre desinstalação de aplicativos que não desejam, que muitas vezes são instalados por fabricantes e operadoras de telefonia móvel, e que na maioria dos casos não servem para absolutamente nada.

A nova postura permite que os usuários se livrem dos aproximadamente 60 aplicativos criados pelas operadoras, e 40 apps exclusivos dos fabricantes. Gigantes do setor como LG e Samsung deverão reformular as suas políticas de adoção de blotwares, para oferecer produtos que se alinhem ao interesse do consumidor.

As autoridades coreanas qualificaram esses aplicativos como “uma inconveniência” para os usuários, e reconhecem que podem fomentar uma “competência desleal” entre as operadoras, sem falar no espaço estimado que tais apps ocupam nos dispositivos dos clientes.

A decisão não afeta apenas fabricantes e operadoras. A Google também entra na lista, por adicionar os apps de seus serviços, quando isso pode muito bem ser escolhido pelo usuário após a ativação do smartphone.

A medida entrará em vigor na Coreia do Sul a partir de abril, e torço para que seja copiada por outras autoridades internacionais. Principalmente em um determinado país da América do Sul, que começa com BRA e termina com SIL.

Via ZDNet