telefono-corea-del-norte.jpg.pagespeed.ce.f4OUONPNGJ

A partir de agora, quando falarmos de smartphones coreanos, teremos que diferenciar entre os modelos da Coreia do Sul e da Coreia do Norte… ainda que muito provavelmente não teremos muitas possibilidades de conferir de perto as últimas revoluções tecnológicas de Pionyang.

Por enquanto, não foram divulgados muitos detalhes sobre aquele que seria o primeiro smartphone da Coreia do Norte, além do seu nome (AS1021 Arirang), que será fabricado na capital do país, e que vai contar com algum tipo de software programado localmente. Obviamente, desenvolver e fabricar um smartphone não é algo que podemos chamar de simples (e lucrativo) quando falamos de um mercado tão pequeno e controlado tão de perto pelo peculiar líder da Coreia do Norte, de modo que não faltam aquele céticos que não acreditam que o AS1201 é mesmo um produto de produção local.

O site North Korea Tech, por exemplo, suspeita que, na verdade, estamos diante de um smartphone fabricado na China, e o seu software nada mais é que uma versão alternativa do Android. Mas a principal pergunta que não quer calar é: por que a Coreia do Norte quer comercializar um smartphone quando os seus cidadãos sequer podem utilizar a internet de forma livre?

Via Android Central, North Korea Tech