nvidia-project-shield-002.png

E finalmente temos algumas notícias oficias sobre o NVIDIA Shield, console portátil da fabricante mundialmente famosa por desenvolver chips gráficos para computadores. Preços, datas e características técnicas do produto foram revelados no blog oficial da fabricante.

O preço de venda sugerido para o consumidor final (nos Estados Unidos) é de US$ 350, algo que já era esperado, e um pouco salgado para um mercado cujo console doméstico mais caro custa US$ 249 (PlayStation 3). Porém, não é um preço que torne o produto inalcançável para todos (talvez para a maioria). As reservas do produto começam no dia 24 de maio, e os envios das primeiras unidades começam no final de junho.

O NVIDIA Shield conta com um processador NVIDIA Tegra 4 com 72 núcleos de GPU, 4 núcleos de CPU e 2 GB de RAM. Seu controle se parece muito com um controle do Xbox 360, e sua tela touch de 5 polegadas conta com resolução HD (720p).

O som do dispositivo será reproduzido por alto-falantes centrados nos graves, que devem ser melhores do que aqueles que temos nos consoles portáteis atuais. Sua conectividade será a WiGi 802.11n 2X2 MIMO, e o sistema operacional será o Android Jelly Bean, sem nenhum tipo de personalização.

O dispositivo ainda conta com 16 GB de memória interna, GPS, Bluetooth 3.0, saída mini-HDMI, porta micro USB, slot para cartões microSD, conector para fones de ouvido de 3.5 mm e peso de 579 gramas.

Só resta saber quando o produto será vendido fora dos Estados Unidos e Canadá, e a que preço. Não há informações sobre a sua disponibilidade no Brasil. Além disso, estamos curiosos para saber se essa potência toda vai se converter em uma experiência de uso de máxima qualidade, levando em consideração os jogos que temos hoje.

Via NVIDIA