Aos poucos, as brechas do Face ID se tornam cada vez mais evidentes. Agora, a empresa de segurança Bkav confirmou que é possível enganar o sistema de segurança da Apple utilizando uma máscara que combina elementos 3D e 2D.

Os técnicos demonstraram a eficácia de sua técnica em vídeo, o que mostra que o Face ID ainda precisa melhorar para ser utilizado a nível global.

 

 

Por outro lado, a Bkav exagera um pouco na dramaticidade da problemática do Face ID. Fi preciso criar uma máscara com três dimensões detalhadas do rosto de uma pessoa para enganar o sistema, ou seja, é preciso ter recursos avançados para fabricar tal máscara para enganar tal tecnologia, e isso não está ao alcance de todo mundo.

Logo, o risco de hack do Face ID continua sendo mínimo, pela própria dificuldade apresentada. Porém, já é menor do que as tais 1 em 1 milhão que a Apple afirmou no evento de apresentação do iPhone X.

Podem respirar, usuários. Provavelmente tais ataques são para usuários específicos, e não para quem só quer ostentar o smartphone na balada.

 

 

 

Via Neowin