windows_10_spartan

O previamente especulado Project Spartan é uma realidade. E esse nome de código esconde ‘apenas’ o futuro sucessor do Internet Explorer, o novo navegador que vai acompanhar o Windows 10.

Esta nova solução está desenvolvida sobre um novo motor de renderização e, de acordo com a Microsoft, será leve, ágil e muito segura (aka tudo o que desejamos para o Internet Explorer, mas que nunca aconteceu).

Com uma aparência minimalista e mais limpo, o Project Spartan quer garantir a experiência de novas funções interessantes. Não foram reveladas muitas características no evento de ontem (21), mas ao menos sabemos que com o navegador será possível anotar coisas diferentes (com uma stylus ou com um teclado) na página web, e compartilhar diretamente com as pessoas que você deseja.

Esta nova geração do navegador conta também com um modo de leitura sem distrações, que mostra os conteúdos em um design simplificado, para uma melhor experiência, além da possibilidade de consultar textos em modo offline. Também está integrado um leitor de arquivos PDF.

O Cortana já fez a sua aparição no Windows 10, de modo que não podia ficar de fora do Project Spartan, ajudando a realizar buscas, organizar tarefas online de forma mais rápida e cômoda, e prever que tipo de informação o usuário precisa antes mesmo de realizar a consulta.

A Microsoft confirmou que o Project Spartan chegará no Windows 10 primeiro para os PCs, e depois para outros dispositivos. Quanto ao Internet Explorer, ainda qu eo novo navegador seja o seu sucessor, este seguirá vivo por razões de compatibilidade, de modo que ele estará presente na nova versão do Windows.