Parece ser fato consumado: o próximo membro da família de smartphones Nexus do Google será da LG. Nos últimos dias, publicamos aqui no TargetHD alguns posts que mostravam o novo smartphone e suas primeiras características vazadas. até que um posto do blog russo Onliner publicou imagens reais, e de muito boa qualidade do smartphone, que já é conhecido lá fora pela alcunha de LG Nexus 4. Nesse post, vamos ver essas características, tentando descobrir o quão bom esse smartphone poderá ser.

É estranho que um protótipo vaze dos escritórios do Google e da LG, chegando às mãos de um blog de tecnologia, mas se não fosse isso, eu não teria uma boa pauta para escrever nesse momento, não é mesmo? E vale lembrar que as informações que vamos descrever a seguir são de um protótipo, ou seja, essas especificações técnicas podem mudar no momento do seu lançamento.

Tela e chip SIM

No Galaxy Nexus, fabricado pela Samsung, temos uma tela de 4.65 polegadas, com resolução de 720p e densidade de 316 ppp. Se o LG Nexus 4 for algo real e não um fruto de nossa imaginação, ele vai contar com uma tela de 4.7 polegadas, a mesma resolução de 720p, mas com uma qualidade final de imagem superior, uma vez que em diferentes testes realizados anteriormente, as telas IPS+ da LG possuem uma maior qualidade e nitidez que as telas Super AMOLED da Samsung.

Uma das mudanças que mais chamam a atenção no smartphone é que ele não vai usar o padrão de chips SIM que a grande maioria (com algumas poucas exceções) de dispositivos Android utilizam, uma vez que o LG Nexus 4 conta com um slot para um chip MicroSIM. O mesmo utilizado nos telefones mais recentes da HTC e os modelos iPhone 4/4S, da Apple.

Um hardware potente

Se existe alguma coisa que realmente merece destaque nos mais potentes smartphones do mundo Android é de contar com características técnicas dignas de serem considerados os dispositivos móveis mais potentes do mercado, em todos os sentidos. E o LG Nexus 4 não será uma exceção, já que contará com um processador SoC Qualcomm Snapdragon S4 Pro de quatro núcleos, de 1.5 GHz. Mas o que mais se destaca nesse processador é que ele está baseado na arquitetura de 28 nanômetros, o que promete um maior desempenho, e um excelente gerenciamento de consumo de sua bateria, de 2.100 mAh.

E isso não é tudo: o modelo ainda conta com 2 GB de RAM para completar as especificações que são consideradas as mais potentes do mercado atual. O ponto negativo do produto é a sua capacidade de apenas 8 GB. Talvez a decisão foi tomada para que o seu preço final ficasse um pouco menor, mas não descartamos a possibilidade da existência de uma versão de 16 GB. Lembrando: tudo o que estamos falando nesse post precisa ser confirmado oficialmente.

Materiais e design

Um dos pontos mais importantes e que mais se destacam nesse novo Nexus está no seu design que é simplesmente espetacular, mantendo as características da linha Galaxy Nexus, mas adicionando detalhes harmoniosos que deixaram esse smartphone algo mais limpo e atraente, especialmente na sua parte frontal, onde o alto-falantes das chamadas se encontram nas laterais da câmera frontal, para que eles fiquem quase desapercebidos, tendo assim uma frente de produto mais elegante.

O smartphone ainda conta com um LED de notificações na parte inferior, que resulta em uma aparência muito agradável, além da borda de toda a parte frontal, que resulta em um corpo unibody e, novamente, apresentando uma maior elegância e até uma aparência de ser um produto de grande qualidade. Nas laterais, você vai encontrar um material “emborrachado”, ideal para segurar o smartphone, e sem modificar as posições de nenhum dos botões físicos ou portas do aparelho.

Para finalizar, a parte traseira do novo Nexus é fabricada com um material ainda desconhecido, mas que por ser transparente e por estar decorada com uns pontos em tons cinza (algo que lembra tanto o Galaxy Nexus como a alguns telefones da família Optimus da LG), poderia ser de plástico e/ou cristal. É onde vemos a assinatura do Google, como em todo bom smartphone Nexus.

Nova versão do Android?

Nos vazamentos já publicados na internet, foi visto que a tela do LG Nexus 4 está funcionando com uma versão do Android 4.1.2 Jelly Bean. Porém, uma vez que sempre que o Google lança um novo Nexus, um novo Android é apresentado, podemos esperar que este smartphone na sua versão final (lembrando mais uma vez que estamos analisando um protótipo) conte com a versão 4.2, algo que foi confirmado por causa da aparição de uma atualização do aplicativo nativo do GMail para Android.

Conclusões e possível disponibilidade

Estamos diante de um digno sucessor do Galaxy Nexus, no que se refere aos dispositivos desenvolvidos pelo Google. É sem sombra de dúvidas um belo smartphone, que pode disputar em pé de igualdade com modelos como o Galaxy S III ou o HTC One X+, e até mesmo com o iPhone 5. Além disso, ao integrar semelhante potencial e contar com a assinatura do Google nas suas costas, com certeza vai se transformar no smartphone preferido de todos os fãs do Android.

Sobre sua disponibilidade, se especula que ele será apresentado no dia 28 de outubro, e que sua chegada ao mercado aconteceria no dia seguinte (29), com suas vendas inicialmente acontecendo na Google Play Store.

É esperar para ver se tudo isso se confirma.

Via