smartphone sem conector para fones de ouvido - Conforme-se: o conector de áudio 3.5 mm nos smartphones está em extinção

O mercado de telefonia móvel evolui, com mudanças naturais de geração para geração. No processo, alguns itens desaparecem, e nem todas as mudanças são tão bem vindas pela maioria. E uma delas é a remoção do conector de áudio de 3.5 mm.

A extinção desse conector obriga o usuário a utilizar um adaptador ou comprar um fone Bluetooth, e as duas soluções podem ser encaradas como um prejuízo para muita gente.

É fato que o conector de fones de ouvido vai desaparecer, com um ritmo que acelerou nos últimos meses. Deixou de ser uma aposta de tendência futura para situação atual. Comprar um smartphone top de linha com conector para fones de ouvido é algo cada vez mais complicado.

Com exceção da Huawei (no Mate 10) e da Samsung (no Galaxy S9/S9+), os demais fabricantes já se posicionaram sobre a eliminação do conector de áudio 3.5 mm.

E, mesmo assim, nem todos os fabricantes Android conseguem aproveitar de todos os benefícios do áudio digital oferecido pela porta USB Type-C. Os principais fabricantes encaram essa mudança como “a última novidade” da indústria de smartphones, mas nem todos aceitam esse

De 22 smartphones top de linha lançados nos últimos meses, apenas oito conservam o conector de fones de ouvido. E, nos próximos meses, essa diferença será ainda maior.

Ainda que os defensores dos conectores de áudio discursem a seu favor, a aposta por sua extinção já está tomada na maioria dos fabricantes.

 

adaptador para fone de ouvido - Conforme-se: o conector de áudio 3.5 mm nos smartphones está em extinção

 

Vale lembrar que a ASUS também preservou os conectores com o Zenfone 5 e 5Z, assim como a OnePlus com o 5T (não sabemos o que a empresa fará com o OnePlus 6). O Xiaomi Mi 7, o Essential Phone 2 e o HTC U12 ainda não foram apresentados, mas podem seguir a tendência dos seus predecessores.

Mas o mercado está apostando no USB Type-C e no Bluetooth para oferecer o áudio necessário. Como os modelos top de linha abriram o caminho para isso, não será surpresa que os dispositivos das demais categorias apostem no mesmo.

A decisão pode não agradar a todos, ou inclusive a maioria. Porém, é fato que o conector de áudio de 3.5 mm está com os dias contados. Da mesma forma como os celulares com telas pequenas, as baterias removíveis ou os telefones com carcaça de plástico.

Vamos nos acostumando. É uma tendência que não vai parar.