iphone-agua-resistente

Um dos grandes sinais de identidade dos smarphones da Sony é a sua resistência à água. Porém, tal detalhe parece não ser de agrado da Samsung, que retirou essa opção dos seus últimos lançamentos. Para muitos usuários, esse é um fator importante, e pode ser que os futuros iPhones recebam essa mesma proteção.

Uma nova solicitação de patente da Apple descreve uma série de métodos para oferecer essa proteção. Se veremos isso algum dia em um iPhone, não dá pra dizer. Mas a possibilidade se encaixa com a filosofia de Tim Cook e sua equipe.

A patente indica como uma das opções baseadas em aplicar um revestimento de certos componentes internos – como a placa-mãe de um dos chips integrados – como uma capa hidrofóbica, algo que algumas empresas já fazem. A aplicação dessa capa quase não adiciona espessura ao conjunto resultante, o que faria com que o design externo praticamente não fosse afetado.

650_1000_patente-apple-agua

O documento da Apple fica claro que a proteção contra interferências eletromagnéticas (EMI) de seus dispositivos (iPhone, iPad ou MacBook) se mantrá, mas isso não vai impedir que essa proteção à água seja aplicada. Mesmo assim, parece que contar com as duas opções integradas no dispositivo podem apresentar problemas que precisam ser corrigidos.

Um deles é a proteção dos conectores soldados e expostos no circuito, que podem ser isolados graças ao uso de proteções de silicone no ponto em que ele se conecta nas placas. A patente, solicitada pela primeira vez em março de 2014, ainda não recebeu a aprovação da USPTO, mas temos que levar em consideração que essa funcionalidade só estará disponível nos futuros dispositivos da Apple (e em um futuro a longo prazo).

Via TechCrunchUSPTO