samsung-3dtouch-01

O Digital Trends mostra uma patente registrada pela Samsung em abril de 2014, mas só agora publicada. O documento de título “Touch Imput Apparatus and Electronic Device Havin Thereof” faz referência a um teclado (físico ou virtual), com teclas sensíveis à pressão, que podem iniciar outras ações.

As imagens mostram detalhamentos de diferentes profundidades, conde poderia se exercer diferentes pressões em cada toque. Tratando-se de um teclado, teria a possibilidade que as diferentes intensidades predeterminassem a escrita em maiúscula, minúscula ou de algum outro caractere. Algo similar ao que acontece com o 3D Touch do iOS 9, com a aparição de menus contextuais que permitem diferentes ações, sem tirar o dedo da tela.

samsung-3dtouch-02

O sistema da Samsung se baseia na voltagem, onde o sistema “traduz” a pressão por sua equivalência em gramas, que determina a diferença de profundidade tanto em voltagem como em gramas: 1.5 volts a 80 gramas de pressão, e 3 volts para 35 gramas.

A tecnologia é pensada tanto para telas touch como para teclados físicos. Além de incorporado ao software do dispositivo, pode ser inserido em cases do tipo o Keyboard Cover do Galaxy Note 5 e do Galaxy S6 Edge+.

samsung-3dtouch-03

A patente aparece no momento em que os rumores que a Samsung teria formalizado um acordo com a Synaptics, onde as duas empresas uniriam esforços para criar uma tecnologia que suprisse essa nova dimensão na interação do usuário. No caso da Samsung, por enquanto, só vemos referências à função do teclado.

Huawei e Apple já incorporaram o recurso de forma mais ampla nos seus respectivos sistemas. E a Xiaomi já prepara os seus smartphones para a nova tecnologia da Synaptics. O recém apresentado Xiaomi Mi4c conta com o SideTouch ao incluir o pack de controladores S3708, que suportará o ClearTouch como especificou a empresa.

Assim, as opções do controle de pressão estão se ampliando. É claro que é preciso ver como será a experiência final do usuário, e do quanto os softwares estarão atualizados. Algo que não depende apenas dos desenvolvedores, mas também do sistema operacional.

De qualquer forma, uma nova frente está aberta para tornar o smartphone mais completo. Quem sabe na MWC 2016 a Samsung apresenta a sua nova tecnologia no lançamento do seu novo dispositivo top de linha.

Via Digital Trends