manutenção windows 10 anniversary update

O Windows 10 Anniversary Update melhorou o processo de reativação da licença depois de uma mudança de hardware.

O Windows 10 abandonou o clássico sistema alfanumérico para adotar uma conexão direta com os servidores da Microsoft, ativando cada equipamento com uma licença digital.

O método é mais simples, mas pode complicar a vida de quem trocou uma placa-mãe no computador, por exemplo.

Antes, você tinha que passar por um tedioso processo de reativação, entrando em contato com o suporte ao cliente Microsoft.

Agora, tudo mudou.

O passo a passo

O processo agora associa a licença do Windows 10 com uma conta Microsoft em um hardware específico.

Acesse Configurações do Sistema > Atualização e Segurança > Ativação, e veremos que o Windows 10 está ativo com uma licença digital.

O Anniversary Update adiciona uma opção que deve ser utilizada antes de uma grande mudança de hardware, que até agora se limitava à troca da placa-mãe, e não na adição de memória, troca do processador, da placa gráfica ou troca do HD por uma SSD.

A nova opção agrega uma conta Microsoft para reativar o equipamento de forma simples depois de uma troca de hardware.

Basta selecionar o item “agregar ou vincular uma conta”, e digitar o nome de usuário e senha da nossa conta Microsoft.

Reinicie a seção e volte para Configurações de Sistema > Atualização e Segurança > Ativação, e veremos a mudança com o sistema ativado, com uma conta digital vinculada à conta Microsoft.

Depois da mudança de hardware e a perda da ativação, insira sua conta Microsoft e o sistema vai revisar os equipamentos associados à ela que podem ser reativados.

Assim, é possível reativar o equipamento com Windows 10 Anniversary Update de forma simples, sem precisar apelar para o suporte técnico da Microsoft.

O método vale para licenças OEM, que estão pré-instalados em equipamentos novos, tanto com Windows 10 de forma nativa como para dispositivos atualizados a partir do Windows 7 ou Windows 8.1.