Touch-ID-1

Isso é possível. E mais: foi feita uma demonstração ao vivo na MWC 2016, onde conseguiram superar com um pouco de plastilina a barra de segurança que representa o leitor de digitais Touch ID.

A ideia é bem simples: basta pegar um pouco de plastilina, também conhecida como Play-Doh, apertar o dedo que está vinculado na identificação e apertar para que a digital fique “gravada” nele. Depois, pegue o pedaço de plastilina com a digital e coloque sobre o leitor de digitais. É possível que você tenha que fazer várias tentativas, mas uma hora vai funcionar.

A Apple não fez comentários sobre o assunto, mas com esse exemplo fica claro que até essa barreira tão sofisticada é bem mais frágil do que parece.

 

Via Neowin