whatsapp and facebook teaser - Como hackear contas do Facebook e WhatsApp mesmo com a verificação em dois passos

Nem mesmo a verificação em dois passos é algo tão seguro assim. Os piratas cibernéticos tiram mais e mais truques da manga para tentar invadir o seu Facebook ou WhatsApp.

Para o truque descrito nesse post funcionar, é preciso que a vítima tenha um certo grau de inocência e muita boa vontade. E, convenhamos: conhecemos algumas pessoas assim, certo?

Hackeando o Facebook com a verificação em dois passos

É preciso que o atacante saiba a senha da vítima, o que não parece ser um problema se levarmos em conta as diversas formas que existem para se obter tal informação.

Se a vítima tem a autenticação em dois passos, basta pedir o código que chega no celular dela. Simples assim.

Uma simples mensagem dizendo que você conhece a pessoa a muitos anos, e que você está tentando se conectar a uma conta antiga, que pede um código de verificação. Aí, basta você pedir para pessoa o tal código (que é o dela, na prática), e pronto. Um simples texto com argumentos bem formulados e as palavras usadas da forma certa, e você consegue o código de acesso das pessoas mais inocentes.

É tão fácil, que chega a dar medo. Logo, se você, que está lendo esse post, tem a real consciência que não entende tanto de internet e tecnologia, por favor… NÃO CONFIE EM NINGUÉM!

Hackeando o WhatsApp com a verificação em dois passos

É possível, mas não é fácil.

No caso do WhatsApp, é preciso encontrar um usuário ainda mais inocente. E essas pessoas existem. Alguém que realmente não está familiarizado com a forma que o WhatsApp funciona. Nesse caso, os idosos.

A técnica é a mesma do Facebook. Escreva uma mensagem bem formulada para a pessoa, alegando que antes você usava esse número ou qualquer outro pretexto que a leve a ajudar você a recuperar a sua conta. Se a vítima acreditar, ela vai enviar o código de segurança.

 

É difícil de acreditar que em pleno 2018 alguém vai cair nesses golpes. Mas esse post serve para alertar aqueles que não tem tanto conhecimento das práticas de mentes desonestas.

Avise aquela sua tia que sempre chama o sobrinho para consertar o computador dela no lugar de chamar um técnico de verdade. Ou a sua avó, que fica trocando filmes de sacanagem no WhatsApp com as amigas viúvas. Elas são o público-alvo desse tipo de golpes.