iphone-7-plus-camera-dupla-traseira

A Apple confirmou os rumores recentes, e introduziu uma câmera traseira dupla no iPhone 7 Plus. Não é a primeira que vemos no mercado, mas seu funcionamento é mais engenhoso, oferecendo os melhores resultados até o momento.

A Apple chegou depois, e melhorou o resultado atual. Podemos dizer que o seu sistema de câmera dupla é um acerto. E esse post mostra como esse sistema funciona.

Zoom ótico com lentes fixas no iPhone 7 Plus

 

iphone-7-plus-camera-dupla-traseira-02

 

Antes, alguns dados técnicos.

O iPhone 7 Plus conta com um sistema de dupla lente traseira de 12 MP (f/1.8 e f/2.8) com estabilizador ótico, através de um sistema magnético onde a lente flutua no interior da câmera, reduzindo a vibração para melhorar o registro de imagens noturnas e captura de vídeo.

Outro modelos apostaram no zoom ótico, que pode ser obtido com a redução da distância entre as lentes do smartphone, gerando um aumento da imagem real, e não via software. Isso requer um sistema de lentes móveis que a Apple conseguiu eliminar através de lentes fixas.

O zoom ótico do iPhone 7 Plus conta com uma vantagem e um inconveniente.

A vantagem é contar com um zoom ótico de 2X, e sem precisar aumentar a espessura do smartphone. A desvantagem é que o zoom é fixo: capturamos imagens ou em tamanho real ou em tamanho ampliado. Não há escolha porque falamos de duas lentes fixas.

O sistema é bem engenhoso. Enquanto alguns smartphones optam por montar um sensor para monocromático e outro para colorido, mas com as duas lentes idênticas, a Apple variou a distância focal de suas duas lentes.

O iPhone 7 Plus conta com uma lente de 56 mm para fotografias “próximas” e outra lente de 28 mm, para fotos “em tamanho real”.

 

Bokeh de alta qualidade em tempo real

 

iphone-7-plus-foto

 

Com este sistema de lente dupla, uma delas captura as fotos em 1X, e a outra em tamanho 2X. Mas o zoom ótico não é única vantagem do sistema.

Também é possível obter um efeito de desfoco ou bokeh, em tempo real e muito preciso. Ativando o modo retrato do iPhone 7 Plus, acessamos uma função que permite que as lentes se combinem para obter uma foto em primeiro plano nítida, enquanto que o fundo fica desfocado, através de uma combinação das imagens dos dois sensores.

Logo, a foto registada com a ajuda da diminuição da profundidade de campo permite ao iPhone 7 Plus consegue combinando a informação de suas duas câmeras, pois o primeiro plano é capturado pela objetiva de 56 mm, e a informação para o desfoque fica para a lente de 28 mm.

A todo o potencial do sistema, some o fato de contar com um flash Quad LED e um estabilizador ótico. É um conjunto que promete ser a melhor câmera jamais fabricada para um smartphone (com todo respeito ao Lumia 1020).

A Apple fez um trabalho genial. Veremos se consegue marcar tendência, com alguns fabricantes seguindo esse caminho. Se bem que seria estranho se o sistema de lente dupla da empresa do iPhone 7 Plus não estivesse patenteado.