O Uber apresentou o UberOne, novo serviço de transporte premium sustentado por carros 100% elétricos.

A cidade de Madri (Espanha) será a primeira do mundo a contar com o serviço, que entra em operação no dia 22 de dezembro, com uma frota composta por dezenas de carros Tesla Model S.

As principais bases do Uber com o novo serviço são: mobilidade, sustentabilidade e competitividade nos preços. A seguir, mostramos um pouco do serviço em funcionamento.

 

O que aporta o UberOne?

 

O UberOne é a primeira alternativa elétrica de transporte privado premium do mundo. Há serviços que usam carros elétricos, como é o caso do Cabify Electric, mas não dentro do segmento premium ou  de luxo.

A empresa tem vários programas piloto envolvendo carros elétricos em cidades europeias, testando a viabilidade de uma frota com essas características em seu negócio. Agora, eles lançam o serviço em Madri com a marca mais representativa dentro do setor de carros elétricos: a Tesla.

Ao entrar no carro, o atendimento padrão do Uber de luxo se faz efetivo, com a comodidade de um Tesla Model S, que possui conexão WiFi embarcada e até um Surface Pro 4 (em parceria com a Microsoft) para consulta de redes sociais, e-mails ou tarefas de trabalho durante a viagem.

Para a empresa, a aposta em uma frota elétrica agora é muito importante, onde a mobilidade deve ser algo mais flexível, pensando na sustentabilidade. Nesse aspecto, esses carros tem papel importante na equação.

 

 

O UberOne tem a promessa de ser mais barato que seus competidores de segmento. Mas existe uma tarifa mínima, que só compensa em viagens de 15 minutos ou mais, ou superiores a 5 quilômetros.

Na prática, os preços na Europa acabam sendo similares ao Cabify Executive. Mas o tempo deve equilibrar a relação custo-benefício.

 

 

Perguntas frequentes

 

 

O UberOne sempre vai utilizar o Tesla?
R: Não, é algo que dependerá dos parceiros. A ideia é que seja um carro 100% elétrico e premium, de modo que sera questão de tempo que outros modelos de outras marcas cheguem ao serviço.

E se eu quiser ir de uma cidade a outra?
R: Ao se tratar de um carro elétrico, tudo depende da autonomia e da distância entre os dois pontos. A Uber recomenda evitar trajetos superiores a 100 quilômetros, pois depois disso seria necessário recarregar o carro, deixando a viagem mais entediante.

Por que Madri para lançar o UberOne?
R: Além de ser o terceiro maior núcleo populacional da Europa, é uma cidade com muito potencial, e que pode melhorar em mobilidade.

Muda alguma coisa no aplicativo do Uber?
R: Não. Ele sera atualizado para que os motoristas do UberOne sejam visíveis.

Qual é a diferença do UberBlack para o UberOne?
R: O UberBlack é  serviço premium disponível em algumas cidades do mundo. O UberOne tem o mesmo conceito, mas com carros elétricos. A tendência é que, no futuro, com a evolução do carro elétrico, as duas marcas acabem se fundindo.