Windows 10

 

Sim, amigos… é possível desinstalar todos os aplicativos que a Microsoft considera essenciais, mas que em muitos casos só estão lá parados no Windows 10.

Vale a pena comentar que apagar os aplicativos nativos pode fazer com que algo importante do Windows 10 pare de funcionar. Por exemplo, remover o Groove Music não tem problema algum, mas o OneNote faz com que a sincronização oferecida por esse aplicativo pare de funcionar.

Feito o alerta, para incluir esse recurso, inicie o terminal do Windows e digite um código específico para que cada um desses aplicativos possa ser desinstalado. O código tem uma parte comum para todos os aplicativos, e outra parte onde vai o nome do aplicativo que você quer desinstalar.

No menu iniciar, busque pelo app Windowss PowerShell e execute (em modo de administrador, clicando com o botão direito e escolhendo a opção que executa o aplicativo nesse modo).

Uma vez iniciado o terminal do Windows 10, digite exatamente o código abaixo, respeitando todos os espaços e letras maiúsculas e minúsculas:

 

Get-AppxPackage "nome de código do aplicativo" | Remove-AppxPackage

 

Com esse comando, você pode desinstalar todos os aplicativos nativos do Windows 10, bastando introduzir o nome de código do aplicativo a ser removido entre as aspas no exemplo acima.

Por exemplo, se você quer remover o Groove Music, a linha de código do terminal vai ficar assim:

 

Get-AppxPackage zunemusic | Remove-AppxPackage

 

Por fim, vale comentar que, com esse comando, você vai apenas apagar o aplicativo do seu usuário. Se tiver mais de um usuário cadastrado no computador, ele segue tendo acesso ao app, o que não serve de muito se queremos que mais ninguém possa utilizar o aplicativo.

Para tal finalidade, você precisa usar a seguinte linha de comando:

 

Remove-AppxProvionedPackage -Online -zunemusic