Windows

 

Um disco de reparação do Windows pode solucionar vários problemas com o sistema operacional da Microsoft.

Nem todos os usuários sabem que o Windows oferece a maioria das ferramentas necessárias para localizar e resolver os problemas do dia a dia, e o disco de reparação é a melhor forma de acessar essas ferramentas. Restaurar o sistema, recuperar a imagem do sistema, reparar a inicialização, o console do Windows e outros recursos.

A mídia de inicialização a ser criada tem funcionamento similar aos discos de recuperação de terceiros ou de discos antivírus baseados em Linux. O próprio sistema operacional cria os dados que podem ser gravados em CD, DVD ou pendrive.

Também é possível adicionar no disco uma cópia de segurança dos arquivos de sistema, em caso de reinstalação do sistema operacional, algo que será necessário se o problema não puder ser solucionado com a alternativa que estamos vendo nesse post.

 

 

Criar um disco de recuperação do sistema

 

No Windows 10 e no Windows 8, o processo é o mesmo.

 

– Faça uma busca pelo termo ‘recdisc’, no caso de usar um CD ou DVD, para acessar diretamente o aplicativo que vai criar a ferramenta.
– Se você vai usar um pendrive, acesse o painel de controle do sistema. Por exemplo, Win + R ou botão direito do mouse sobre o botão iniciar, clique em Recuperação > Criar uma unidade de recuperação.
– Nos dois casos, o aplicativo começa a criar a mídia. E pronto.

 

No caso do Windows 7, o processo é igualmente simples.

Vá em Iniciar > Todos os programas > Manutenção > Criar um disco de recuperação do sistema. Também é possível criá-lo em Painel de controle > Sistema e segurança > Cópia de segurança e restauração.

Identifique a mídia criada e guarde a mesma em um lugar seguro. Com certeza você vai precisar dela algum dia.

Para utilizar o disco de recuperação, basta reiniciar o equipamento para uma inicialização a partir da unidade onde ela foi criada, garantindo que a BIOS está configurada para ler esta unidade antes do HD ou SSD.

As opções de recuperação são suficientes para solucionar a maioria dos problemas do sistema. Caso contrário, você pode usar a mesma mídia para reinstalar o Windows, desde que você tenha feito a cópia de segurança dos arquivos de sistema.