bateria

 

Um componente do smartphone que se desgasta com o passar do tempo é a bateria. A recarga da mesma é calculada por uma série de algoritmos que o sistema executa, baseando-se na sua capacidade, no tempo em que carregamos e no ponto máximo de carga alcançado depois de um tempo.

Quando algum desses fatores falha, os cálculos também falham, descalibrando a bateria. Nesse post, mostramos como resolver isso, e por que resolver isso é importante.

 

Por que é conveniente ter a bateria calibada?

 

 

Em algumas ocasiões, nosso smartphone pode exibir um nível de bateria que não corresponde com a realidade, desligando de forma inesperada. Nem sempre temos uma tomada por perto ou uma bateria externa. Por isso, é conveniente que o indicador de bateria seja o mais confiável possível.

Manter a bateria calibrada não é bom apenas para o dia a dia, mas também é saudável para a própria bateria, ajudando a manter um nível de carga otimizado. Nosso conselho é que o nível de bateria se mantenha entre 40% e 80% de sua carga para evitar estresses desnecessários. E, para isso, o indicador deve estar em dia, com a bateria calibrada.

DICA: não confie em aplicativos que prometem calibrar a bateria. Seu funcionamento é desconhecido na maioria dos casos, mas do mesmo modo não há garantias que esses apps ajudam a calibrar a bateria.

É melhor você mesmo realizar o processo de calibração.

 

 

Como calibrar a bateria de um iPhone?

 

 

O processo de calibração de bateria é praticamente idêntico, independente do modelo do smartphone. Mas vamos separar o iPhone dos demais por contar instruções específicas de calibração oferecidas pela própria Apple. Vale a pena realizar esse procedimento pelo menos uma vez por mês.

Carregue o iPhone completamente, até o indicador de bateria marcar 100%. Uma vez feito isso, deixe a bateria descarregar por completo. Use normalmente, até mesmo com atividades acima do normal, com o objetivo de descarregá-la no menor tempo possível.

Com a bateria zerada e o smartphone desligado, deixe o iPhone repousar por 6 a 8 horas. Nesse tempo, a bateria deve liberar o excesso residual das últimas recargas.

Após o tempo de espera, aplique uma nova carga ao iPhone, que vai durar o mesmo tempo que deixamos o dispositivo em repouso, com o dispositivo desligado ou em modo avião, para que o smartphone não consuma energia durante o processo.

Depois da recarga, ligue o smartphone ou desligue e ligue novamente. Uma vez iniciado o iOS, a bateria deve estar perfeitamente calibrada.

 

 

Como calibrar a bateria de um smartphone?

 

 

Os demais smartphones não contam com normas específicas para calibrar suas baterias. Um método que pode ser aplicado a qualquer modelo, de qualquer marca é recomendado para uma execução a cada dois ou três meses.

Para modelos com bateria removível, repita o processo tantas vezes quantas você considerar oportuno para calibrar cada uma das baterias. Você pode realizar o processo no próprio carregador externo, mas as descargas devem ser feitas com as baterias inseridas nos dispositivos.

Conecte o smartphone ao carregador, ou a bateria ao carregador externo, e carregue até 100%. Espere um pouco para garantir que a carga total foi atingida.

Depois insira a bateria no smartphone, ou desconecte o dispositivo da rede elétrica, e o utilize normalmente até que a bateria se descarregue por completo. Deixe o telefone desligar sozinho, e não o desligue quando chegar a 1% ou 2%.

Espere pelo menos quatro horas com o smartphone completamente descarregado, para que a bateria libere a energia residual da última recarga. Depois, conecte o telefone no carregador ou introduza a bateria no carregador externo, e recarregue novamente até 100%. Espere de novo um pouco mais na recarga.

Com isso, a bateria está calibrada.

 

O que pode fazer minha bateria ficar descalibrada?

 

Manter o smartphone conectado no carregador quando a bateria está carregada em 100% pode causar um aumento de temperatura em um tempo acima do recomendado. Isso causa uma degradação antecipada da bateria, e a consequente descalibramento.

As cargas rápidas também aumentam a degradação, de modo que se recomenda a recarga normal e mais lenta sempre que possível.

 

Esperamos que esse post seja útil na hora de manter a sua bateria sempre no melhor desempenho. Ninguém gosta de surpresas ruins no seu dia a dia, e tais procedimentos podem ser fundamentais.