650_1000_android

Um dos segredos mais bem guardados do mundo da tecnologia foi revelado: as patentes da Microsoft relativas ao Android, com as quais a gigante de Redmond lucra milhões de dólares por ano. A Microsoft conta com centenas de patentes de software, por las quais cobra os fabricantes a cada unidade vendida de smartphone Android. Até agora, essas patentes eram secretas, mas documentos revelados pela China explicam em detalhes quais são.

O Ministério do Comércio Chinês (MOFCOM) publicou uma lista de 310 patentes sobre as quais a Microsoft pode exigir pagamentos de direitos no conceito de licenças aos fabricantes de smartphones Android. Os documentos apareceram por conta da revisão e aprovação do governo chinês no processo de compra da divisão móvel da Nokia pela Microsoft, e revelam informações que até agora a Microsoft preferiu manter em segredo.

Das 310 patentes, 127 são patentes da Microsoft que, de acordo com a própria empresa, estão implementadas em smartphones Android. Algumas dessas patentes a Microsoft já utilizou em 2011 para processar a rede de livrarias Barnes & Noble sobre o uso do Android no seu tablet Nook. São patentes técnicas de software que fazem referência, por exemplo, ao uso de “estado de carga em um navegador hipermídia dentro de uma tela de espaço limitado”, ou a “janelas de controle para o uso do dispositivo por menores de idade”.

Não sabemos quanto a Microsoft lucra com essas patentes, mas algumas estimativas apontam que são, pelo menos, US$ 1 bilhão por ano. Já outros afirmam que esse valor pode ser superior aos US$ 2 bilhões anuais. De qualquer forma, é um negócio valioso, se levarmos em conta que está baseado apenas nas licenças por propriedade intelectual. E como as vendas de smartphones Android não param de crescer… imagine o quanto a Microsoft lucra sem fazer esforço algum.

Você pode conferir o documento na íntegra clicando aqui.

Via ArsTechnica