Commodore Amiga 2000

A rede pública de ensino de Grand Rapids, Michigan (EUA) decidiu reciclar velhos computadores Commodore Amiga 2000 para o controle da temperatura dos 19 colégios da cidade.

A iniciativa não só recuperou os computadores, mas também utiliza as conexões disponíveis na época, como os velhos modems e comunicação sem fio via sinal de rádio, que ocasionalmente interferem com as comunicações via walkie-talkies. O desenvolvedor do software que controla o invento é um estudante de um dos colégios, que contou com a ajuda de um profissional mais experiente para realizar a manutenção do projeto.

Por trás da iniciativa tem uma boa causa: a economia de dinheiro diante da renovação do sistema, cujo custo teria alcançado os US$ 2 milhões. Porém, foi aprovado um orçamento de US$ 175 milhões para a reestruturação original. Logo, o distrito tem dinheiro de sobra para substituir os computadores Amiga que usam hoje para controlar o aquecimento.

Alguns desses computadores conseguem ser mais velhos que alguns professores que lecionam nos colégios de lá.

 

Via Engadget