beats-apple

A Comissão Europeia aprovou a compra da Beats pela Apple, uma vez que segundo o órgão regulador, a cota de mercado resultante da união das duas empresas não vai apresentar problemas para a concorrência, por ser considerada “baixa”. Corroboram com tal afirmação o fato de empresas como Bose, Sennheiser, Sony e outros rivais importantes ainda contarem com fatias generosas do mercado de fones de ouvido.

Além disso, leva-se em conta que Apple e Beats não são concorrentes diretos, uma vez que os fones da empresa de Dr. Dre “se diferenciam notavelmente em suas funcionalidades e no design”.

Com isso, a Apple tem a primeira aprovação de um órgão regulador para concretizar a compra, e tudo indica que a comissão dos Estados Unidos devem manter a mesma linha de raciocínio. Porém, o problema mais importante para a Apple nesse momento não é a aprovação da compra nos EUA, mas sim um recente processo movido pela Bose contra a Beats por violações de patentes.

Via União Europeia