smartphones de 2014

Muitas coisas aconteceram em 2014. Foi o ano que a Apple finalmente se rendeu ao domínio das telas grandes, o ano que a Nokia lançou os seus últimos smartphones, e que a China começou a se postular como sério concorrente na guerra da telefonia.

Apesar de se passar apenas dois anos, a maioria desses modelos segue gozando de muita boa saúde, e com mercado considerável.

 

Samsung Galaxy Note Edge

Samsung Galaxy Note Edge

A Samsung, como sempre muito prolífica, lançou muitos smartphones em 2014, mas o de maior destaque foi mesmo o Galaxy Note Edge, não pelo seu sucesso de vendas, mas por iniciar toda uma transformação que vemos hoje.

Foi apresentado junto com o Galaxy Note 4, e roubou todo o protagonismo com aquela tela curva que não entendíamos muito bem na época. Hoje, essa tela se transformou em marca registrada da Samsung.

A primeira tela curva era mais larga e apenas do lado direito, criando um design assimétrico que não foi repetido, mas não passou desapercebido.

 

iPhone 6 e iPhone 6 Plus

iPhone 6 e iPhone 6s Plus

Dois smartphones. E por isso foi um dos lançamentos de maior destaque de 2014. Depois do tímido aumento de tela no iPhone 5 e 5s, a Apple finalmente deu o braço a torcer, com dois iPhones com tela grande.

Um iPhone 6 com tela de 4.7 polegadas, e um iPhone 6 Plus com tela de 5.5 polegadas. Além disso, os novos modelos apresentam mudanças importantes de design, com uma carcaça unibody de alumínio com bordas arredondadas, que marcou tendência.

 

OnePlus One

OnePlus One

Em 2014, uma start up chinesa lançou um smartphone top de linha com preço de modelo de linha média, ou um “flagship killer”. O OnePlus One foi a estreia de uma marca que hoje é um peso pesado na China.

Com tela Full HD de 5.5 polegadas, processador Snapdragon 801 e 3 GB de RAM, o OnePlus One era um top de linha, e as poucas carências que tinha eram supridas com um preço matador. O modelo só perdeu força com o sistema de convites, que prejudicou as suas vendas.

 

Nexus 6

Nexus 6

O Nexus 6, fabricado pela Motorola, encerrou um ciclo: os smartphones da Google deixavam de ser baratos.

Se o Nexus 4 se esgotou rapidamente e o Nexus 5 foi um campeão de vendas, o Nexus 6 não teve a mesma sorte, por custar quase o dobro dos anteriores. Um smartphone com tela de 6 polegadas e hardware poderoso (resolução QHD, Snapdragon 805, câmera com estabilizador ótico, resistência à água). O Nexus 6 era um top de linha inclusive no preço, e isso fez com que o seu atrativo se perdesse.

 

HTC One M8

htc-one-m8-topo

O HTC ONe M8 não foi uma revolução em relação ao modelo anterior, mas introduziu uma característica que hoje está virando tendência: a câmera dual. Sua proposta tinha mais possibilidades, onde a HTC seguia fiel ao Ultrapixel, mas adicionando uma segunda lente que registrava informações de profundidade, aplicando efeitos dos mais diversos.

Porém, o experimento não deu muito certo. Nem o Ultrapixel, nem a configuração dual vingaram, e no ano seguinte a HTC removeu os dois. Em compensação, outras empresas exploraram essa possibilidade, e hoje vemos em propostas bem interessantes, como o Huawei P9 ou o LG G5.

 

Menção honrosa: Nokia Lumia 930

Nokia Lumia 930

Foi o top de linha da Nokia em 2014. O Nokia Lumia 930 era um top de linha da Nokia, com características próprias como a câmera PureView de 20 MP com lentes Carl Zeiss e um design em metal e policarbonato.

O Lumia 930 também foi um dos últimos modelos com a marca Nokia, já em processo de absorção por parte da Microsoft.