iPhone

 

O iPhone completou dez anos de vida, e sua enorme popularidade (ou repulsa) facilitou a criação de diversos mitos sobre o produto.

Esse post cita cinco grandes mitos muito populares, que seguem vivos até hoje, mas que são apenas o resultado de mentes muito criativas.

 

 

1. O iPhone 4 não foi o primeiro telefone com tela Retina

 

Não mesmo.

A tela Retina é atribuída a qualquer tela com densidade acima dos 300 pixels por polegada, e o primeiro celular a conseguir isso foi o Toshiba Protege G900, lançado em fevereiro de 2010, contando com densidade de 311 pixels por polegada.

 

 

É óbvio que a tela do iPhone 4 oferecia avanços importantes, mas precisamos fazer justiça: não foi a primeira a entregar o padrão Retina da Apple.

 

2. O iPhone não foi o primeiro telefone com tela capacitiva.

 

Tal detalhe chamou a atenção de muita gente quando o iPhone 2G foi apresentado em 2007. Mas não foi o primeiro a contar com tela capacitiva.

O primeiro modelo a receber uma tela capacitiva foi o LG Prada, lançado muitos anos antes.

 

 

 

3. A tecnologia multitouch não era algo novo até a chegada do iPhone

 

O iPhone 2G trouxe recursos como o pinch-to-zoom, que se beneficiou da tecnologia multitouch incorporada pela Apple.

Mas tal recurso não era algo revolucionário, novo ou desconhecido. Tal tecnologia foi apresentada em 2006, e foi vendida para a Microsoft.

 

4. O iPhone tem um hardware ruim

 

De jeito nenhum!

Nem é um hardware ruim, muito menos defasada. A chegada do iPhone 4S deixou muita gente com dúvidas sobre o seu desempenho, principalmente em comparação com o Galaxy SIII, mas na realidade este modelo envelheceu muito bem, com uma longevidade impressionante.

Porém, uma das maiores revoluções veio com o lançamento do iPhone 5s, que apostava em um chip de 64 bits, mas mantendo o uso de um processador de dois núcleos e apena 1 GB de RAM.

O modelo foi tachado de obsoleto, mas seu desempenho superou modelos que contavam com chips Snapdragon 800 nos testes de benchmark. Sem falar que ele AINDA é compatível com o iOS 11!

 

 

5. Steve Jobs não disse que 3.5 polegadas era o tamanho perfeito

 

Jobs nunca falou isso, por mais que muitos se empenhassem em atribuir à ele tal afirmação. Se bem que a Apple defendeu com unhas e dentes os modelos com telas reduzidas.

Tudo bem que Jobs afirmou algumas pérolas ao longo do tempo, como “ninguém vai comprar smartphones grandes” ou “quem quer usar uma canetinha com um smartphone” ou “o iPad vai matar os computadores”. Mas essa das telas de 3.5 polegadas como ideais? Não veio dele não!