LibreOffice-5-anos

Ontem (28), o LibreOffice, pacote de aplicativos de escritório OpenSource, completou cinco anos de vida. Italo Vignoli, membro do The Document Foundation (fundação encarregada pelo seu desenvolvimento, supervisão e distribuição do software), resumiu as origens do mesmo.

O LibreOffice nasceu como um fork do OpenOffice.org, em 28 de setembro de 2010, por um pequeno grupo de pessoas que representavam a comunidade em sua capacidade para liderar um projeto comunitário. Foi uma decisão corajosa (porém, necessária), porque estava claro para todos que o OpenOffice.org não ia sobreviver por muito tempo pelas mãos da Oracle.

Vignoli reforça que, hoje, o LibreOffice é reconhecido como o único concorrente real do Microsoft Office, baseando-se nos diversos casos de migração de um software para outro. Sem falar que essa migração agora está mais fácil do que nunca, graças a um protocolo de migração elaborado pelo The Document Foundation, que descreve as melhores práticas adotadas por alguns dos grandes projetos ao redor do planeta.

O LibreOffice pode ainda estar muito longe dos níveis de qualidade do Microsoft Office, mas é mais que suficiente para a maioria das pessoas. Separar-se da Sun/Oracle foi a melhor coisa que eles poderiam fazer, pois com esse movimento, o projeto cresceu e melhorou muito, diante do visível estancamento que foi mostrado pelo OpenOffice.org, algo que se agravou depois do aparente desinteresse da Oracle pelo projeto, o que resultou em uma transferência para a Apache Foundation.

Via The Document Foundation