Um grupo de cientistas de três universidades norte-americanas buscam o genoma da árvore de natal perfeita.

Com a ajuda de ferramentas computacionais e da biologia, os cientistas estão revisando 1.200 GB de dados genéticos coletados de centenas de árvores de natal, coletadas em todo o planeta, para descobrir qual é o melhor código genético.

Formato, resistência aos potenciais danos e outros fatores são levados em consideração nessa análise. Revisar os diferentes locais e obter amostras das árvores mais atraentes, tirar fotos, conversar com vendedores e cortar alguns galhos para testes são alguns dos procedimentos adotados pelos cientistas.

A ideia é identificar as variações genéticas das amostras, além de descobrir o comportamento de alguns genes. Os dados são analisados e compilados, onde esses genes são listados e regulados de forma ascendente ou descendente. Depois, os dados são conectados para ver como eles formarão diferentes redes e vias de expressão.

Tal estudo é fundamental para entender a formação e resistência conta infecções fúngicas, para que os produtores das árvores de natal possam trabalhar com os mais apropriados. O desafio maior aqui é implantar genes para dotar as árvores de funções com alta fragrância ou bio luminescência.

 

Via Wired