freddy-got-fingered-arrest

Você se lembra dos temos em que você alugava filmes em fitas VHS? Ah, bons tempos… eu mesmo adorava a Blockbuster. Parte do dinheiro da minha mesada ficava lá.

Enfim, as videolocadoras salvavam nosso final de semana, principalmente em casas onde a TV por assinatura era um sonho. Ter algum filme bacana para assistir em casa era um excelente programa para matar o tempo. Porém, duas coisas eram inevitáveis nesse processo: a segunda-feira e a devolução da fita na locadora. E os dois itens incomodavam e muito.

Entendo que James Meyers, da Carolina do Norte (EUA) pensava a mesma coisa. A ponto de ter alugado em 2002 o filme Freddy Got Fingered, e não ter devolvido nunca. Talvez ele apostou que um dia as videolocadoras seriam exterminadas pelos serviços de streaming e outros consumos de conteúdo. Acho que ele acertou na previsão, mas errou feio no fato de não seguir as leis vigentes em 2002.

Uma hora ele tinha que devolver esse filme. Ou pagar pelas consequências.

Por casualidades do destino, Meyers foi detido por um guarda de trânsito, por conta de uma luz de freio quebrada. Porém, a grande surpresa veio quando o agente revisou o seu histórico policial, e comprovou que nosso protagonista tinha uma ordem de detenção por conta da fita VHS que ele não devolveu.

Agora, ele enfrenta um processo por não devolver bens contratados. Sua sentença será anunciada no dia 27 de abril.

O mais engraçado de tudo isso, é que o ator protagonista do filme, Tom Green, comentou sua incredulidade sobre o caso em sua conta no Twitter, e até confirmou que conversou com Meyers sobre a sua prisão.

Logo, amigo… muito cuidado com aquele filme que você alugou e se esqueceu de devolver. Você pode ter como punição uma conversa com Tom Green. Pessoalmente. E acho isso pior do que a cadeia.

 

Via The VergeCNN, @tomgreenlive