Windows10_family

A Microsoft esclarece os detalhes sobre os ciclos de atualizações gratuitas do Windows 10 ‘por toda a vida útil do dispositivo’. Antes, não era definido o entendimento da gigante de Redmond sobre o que era a tal vida útil de um produto. Agora, sabemos, que esse ciclo varia de dois a quatro anos, dependendo do dispositivo.

A Microsoft define o Windows 10 como um serviço que vai receber atualizações gratuitas, que adicionarão novas funções e características ao sistema, mas isso agora tem um limite, que varia de acordo com o dispositivo. É crivel pensar que esses quarto anos são pensados nos computadores portáteis e desktops e, talvez, para determinados modelos de tablets (como o Surface) e alguns conversíveis.

Já os dispositivos móveis (smartphones e tablets mias básicos) podem ter um suporte de atualizações gratuitas, melhorias e novas funções por no máximo dois anos, tempo igualmente razoável para que um usuário médio troque o seu dispositivo.

Porém, a distribuição do tempo de updates gratuitos estão na zona das especulações. Tudo pode mudar, dependendo daquilo que a Microsoft pensa sobre o assunto. E esses detalhes ainda serão anunciados.

Via MuyWindows