A China está desenvolvendo um avançado sistema de previsibilidade de crimes, combinando tecnologias de reconhecimento facial com uma plataforma de inteligência artificial, capaz de analisar padrões de conduta em tempo real para calcular as probabilidades de um crime acontecer.

A empresa chinesa Cloud Walk está desenvolvendo esta nova interface de previsão de crimes, que pode se conectar ao banco de dados de 50 cidades diferentes para identificar os rostos detectados com os de criminosos que possuem antecedentes penais.

Hoje, a China conta com 176 milhões de câmeras de vigilância, de modo que a infraestrutura para o desenvolvimento desses sistemas de vigilância já está pronta.

O sistema (na teoria) só deve identificar pessoas, rastrear seus padrões de conduta e avisar preventivamente a polícia, sem comprometer judicialmente os suspeitos.

Por outro lado, a própria natureza do sistema abre as portas para diversos debates sobre a invasão da privacidade dos cidadãos.

Afinal, sobram argumentos para considerar este um sistema de vigilância e até de espionagem.

 

Via Forbes, Mashable