chats secretos

De uns tempos para cá, os responsáveis pelos aplicativos de mensagens para smartphones estão levando muito a sério o tema da privacidade dos usuários e das mensagens que eles trocam. O WhatsApp adicionou a codificação ponto a ponto, e o Facebook Messenger deve adicionar em breve os chats secretos.

Vamos centrar nessa última mudança. Os chats secretos não estão presentes em todos os aplicativos de mensagens atuais, mas sim em alguns dos mais conhecidos. Mas… o que são esses chats secretos, no que consistem, para que servem e qual é a finalidade dessa função. Vamos tentar jogar luz sobre o assunto para aqueles não muito familiarizados com o tema.

 

Não são secretos todos os chats?

chat no smartphone pessoa usando

Com certeza mais de um leitor deve ter perguntado: “Qual o sentido dos chats secretos se todos os meus chats já são secretos? Ou eles não são?”.

A questão é que os aplicativos de mensagens estão utilizando uma forma incorreta de denominar esses chats ponto a ponto. Os chas normais não secretos, e se agregam codificação ponto a ponto, são ainda mais secretos… ou deveriam ser.

A questão é que a grande maioria dos apps de mensagens do mercado sincronizam suas mensagens em vários dispositivos. Ou seja, uma mesma mensagem é enviada para outras seções abertas. Logo, informações sensíveis podem ficar disponíveis de forma involuntária. Para evitar que os usuários enviem essa informação através de outros métodos foram criados os chats secretos.

 

Como funcionam os chats secretos?

chat no smartphone

Na verdade, os chats secretos deveriam ser chamados de chats ponto a ponto. Ou seja, os dois usuários ficam preso ao dispositivo que estão utilizando naquele momento. Se a conversa começa em dois smartphones, ela fica exclusivamente ali, sem ser reproduzida em tablets ou computadores.

Essas conversas associam o componente de codificação, mas no caso do Facebook Messener, o usuário poderá decidir se o chat em questão será cifrado ou não, aportando ainda mais segurança contra possíveis hackers ou qualquer pessoa que tiver acesso ao chat à distância. Desse modo, nenhum dos dois contatos pode mudar de dispositivo para continuar a conversa, ficando indisponível em outros dispositivos. O Telegram já faz isso há tempos.

 

Então… de que serve um chat secreto?

top secret

Os chat secretos não foram feitos para você decidir como se desfazer de um corpo ou decidir como realizar a próxima entrega de drogas. O recurso nasceu para responder uma necessidade de proteger envio de informações sensíveis para outros contatos, com a garantia que esses dados não serão vistos por um terceiro.

Ou seja, a troca de informação confidencial e de alto risco, como por exemplo dados bancários ou acesso a contas, ou uma forma de enviar códigos e senhas secretas entre usuários e sem o risco de caírem em mãos equivocadas.

Sob essa premissa, os chats secretos foram pensados para não durar. Criar um chat, enviar a informação, apagar o chat. A informação vai do usuário A para o usuário B, e depois, a conversa desaparece, não ficando armazenada em nenhum lugar. Como se ela jamais tivesse existido. O Telegram permite que o usuário decida o tempo de vigência da informação, apagando automaticamente cada mensagem depois desse tempo. O mesmo está presente em outros aplicativos.

 

Quais aplicativos contam com chats secretos?

whisper

Se nesse ponto os chats secretos te interessam, vários são os aplicativos que hoje oferecem esse recurso. Pode variar o termo, mas a expressão “chat secreto” está ficando cada vez mais popular.

Sendo a última a chegar, começamos pelo Facebook Messenger e sua opção de chats secretos, e apesar de só estar disponível em fase beta, ele está prestes a ser lançado. O Whisper é outro aplicativo que nos oferece o recurso, assim como o ringID, Telegram, KakaoTalk e SureSport, além de soluções como Signal, Silent Phone o Chat Secure.

Como vemos, os chats secretos não são coisa de outro mundo, ainda que não sejam tão difundidas como as chamadas de voz ou os stickers. Vale lembrar que este é um recurso mais pensado para o mercado empresarial do que para os usuários domésticos, mas não há restrições de uso.