chatbot

Zo, o chatbot da Microsoft que substituiu o Tai, fez alguns comentários engraçadalhos relacionados aos sistemas operacionais da empresa, deixando claro que não gosta do Windows 10.

Zo argumenta que “está acostumada” com o Windows 7, por ser mais simples de usar. Mas também apontou outros motivos divertidos para sua preferência pelo software do passado.

Uma das respostas diz “com exceção do exército, que ainda usa o Windows XP”, mostrando a dependência das forças armadas com essa versão do sistema operacional.

Outro comentário interessante foi o “Linux > Windows”, afirmando assim que o Linux é melhor.

Zo é baseada em uma inteligência artificial, que é capaz de aprender com a interação com outros usuários. Logo, ela pode formar opiniões a partir das conversas com as pessoas.

Isso ajuda a entender o que há por trás das respostas. Felizmente, a Microsoft estabeleceu limites claros para não repetir os erros produzidos no Tai, que tinha uma liberdade de aprendizagem tamanha, que os usuários conseguiram transformar esse chatbot em um troll racista e insuportável.

Com o Zo, o trabalho foi melhor, já que ele ainda é capaz de aprender e fazer comentários, mas mantendo um lado “troll” bem mais inocente.

A seguir, partes do divertido diálogo.

 

 

Via Mashable