cogumelos-bateria-smartphones

Um grupo de cientistas da Universidade da Califórnia e do Riverside College descobriram que o que conhecemos como o champignon comum poderia ser um elemento chave para a criação de baterias de smartphones mais eficientes.

O segredo está na estrutura porosa do champignon, que é capaz de concentrar uma grande quantidade de sal de potássio em seu interior, o que o transforma no material perfeito para a atividade eletrolítica própria das baterias, além de ter sua capacidade aumentada proporcionalmente em função do número de poros ativos.

Com isso, os champignons podem ser utilizados pra criar baterias mais seguras, limpas, econômicas e de maior capacidade que as tradicionais, baseadas em íons de lítio. Além disso, essas baterias não perderiam a sua capacidade com o uso e as recargas. Pelo contrário: por conta da ativação de poros, quanto mais recargas ela receber, mais eficiente ela será.

É um conceito promissor, mas é preciso deixar claro que tudo isso está em fase muito primária de pesquisa, de modo que temos que baixar nossas expectativas sobre o assunto. Por enquanto.

Via UCRToday