ceo twitter hackeado

As contas do Twitter do próprio CEO do Twitter, Jack Dorsey, e da CEO do Yahoo!, Marissa Mayer, foram hackeadas pelo grupo OurMine.

O sequestro das contas consistiu de fotos e vídeos, com um anuncio que afirmava “testar a segurança” das contas, e um link onde o grupo “vende seus serviços”.

O OurMine é o grupo responsável por outros casos de captura de contas de grandes executivos de tecnologia, porém, as identidades usurpadas não foram retida por conta de ataques de alto nível, ou por vulnerabilidade da rede social, mas sim através de uma senha obtida no hakeamento de outros serviços.

Não é a primeira vez que isso acontece

Entre os casos mais conhecidos, temos Brenda Iribe (Oculus), Mark Zuckerberg (Facebook), Travis Kalanick (Uber), Sundar Pichai (Google) e Dick Costolo (ex-Twitter), que tiveram suas contas no Twitter violadas nos últimos tempos.

CEO_Twitter

O grupo admitiu que utilizou dados vendidos na Deep Web dos recentes hackeamentos do Tumblr, LinkedIn ou MySpace, onde milhões de senhas vazaram na internet.

Esse cenário segue deixando em maus lençóis os grandes executivos, que deveriam dar exemplo, já que tudo indica que os hackeados não cumpriram uma das regras básicas na utilização de senhas: não utilizar a mesma senha para tudo. Se um serviço fica comprometido, quem tem a senha terá acesso a todos os nossos dados nas demais plataformas.