google-glass

Quando Tony Fadell, CEO da Nest, assumiu o projeto do Google Glass em fevereiro, ele decidiu recomeçar o design do produto do zero. O processo continua, e parece que algumas das tarefas que visam dar forma ao futuro wearable do Google já passam pelas mãos de gente que entende muito de óculos.

Massimo Vian, CEO da Luxottica (conhecida fabricante italiana de óculos, que está por trás de marcas como Ray-Ban e Oakley), comentou que está trabalhando em duas novas versões do dispositivo.

“O que vimos foi a versão 1. Agora, estamos trabalhando na versão 2”. Vian também explicou que uma terceira versão está a caminho, e que hoje há duvidas sobre sua aparência. Tudo ainda é um mistério, especialmente nas características técnicas do dispositivo, mas alguns já indicam que a Intel estaria encarregada de gerenciar as entranhas do óculos.

Curiosamente, a Intel também está trabalhando com a Luxottica para lançar em 2016 um modelo de óculos inteligentes. Ou seja, está tudo ficando em casa.

Via Wall Street Journal