HMD

A HMD Global confirmou que Arto Nummela, até então CEO da empresa nos últimos sete meses, deixou o posto de forma imediata.

Arto tinha 17 anos em postos de responsabilidade na Nokia, e tinha como missão liderar o time que visa devolver a marca ao seu lugar de direito no mundo mobile.

A saída de Arto chega como surpresa. Ele dirigia uma companhia que protagonizou a última MObile World Congress 2017, muito em parte com o lançamento do reeditado Nokia 3310, além do anúncio dos primeiros smartphones com Android, nos modelos Nokia 3, 5 e 6. Além disso, a Nokia prepara o lançamento do Nokia 8, modelo top de linha da empresa para 2017.

Em comunicado, a HMD agradeceu Nummela, pelos serviços prestados, mas sem explicar o os motivos da decisão.

 

 

Florian Seiche, até então presidente da HMD, assume temporariamente como CEO. Ele também trabalhou na Nokia por anos, e também na divisão de dispositivos móveis da Microsoft, sem falar que ele foi um dos fundadores da HTC.

Vamos esperar para que o Nokia 8 realmente seja apresentado em 31 de julho, ou se veremos novidades sobre o modelo. Os primeiros smartphones da nova Nokia acabaram de chegar ao mercado, de modo que teremos que esperar alguns meses para ver se a volta da marca finlandesa foi um sucesso ou apenas um blefe.