carro-autonomo-google

 

O Google forneceu os números sobre os acidentes que os seus carros autônomos se envolveram, em um total de 11. Todos foram considerados ‘pequenos’, onde ninguém saiu ferido.

Porém, ainda que os prejuízos possam pensar que os carros autônomos do Google não são seguros, a realidade é que nenhum dos acidentes foram provocados pelos seus carros, mas sim pelos motoristas de outros veículos envolvidos, que andavam distraídos ao volante enquanto utilizavam outros objetos, indo de um smartphone até (pasmem) um trompete.

Apesar de não ter culpa pelos acidentes, o Google se comprometeu a desenvolver sistemas que detectem se um motorista não está se comportando como um ser humano normal atrás do volante. A gigante de Mountain View colocou 20 carros autônomos, que já percorreram mais de 1.7 milhão de milhas desde que o projeto foi inciado, há seis anos.

O BlackChannel dá detalhes sobre o funcionamento desses carros. Clique aqui para ler.